homepage Facebook Twitter RSS Feeds Mapa do sitio
temperaturaventoprecipitaçãoIndice UV ESMTG
22.35.1Km/h02.7
MODERADO
Notícias

 


20140908-miniCartazExposicaoEMARP
    

Exposição RETRATOS DA ÍNDIA

 
Fotografía de Francisco Gil

8 de setembro a 10 de outubro de 2014
Horário: Dias úteis das 8h30 às 17h30

 

Francisco Gil nasceu em Portimão, em 1963. Estudou artes plásticas na Escola Superior de Belas Artes do Porto e é doutorado em Educação Artística pela Universidade de Sevilha.

Colaborou nos jornais Barlavento, AlgarveRegião, Diário de Notícias e Público, entre outros.

Neste momento faz... 

 
 
 
 
 

PAYT

Como foi divulgado, a EMARP está a testar um novo sistema de tarifação relativamente aos resíduos urbanos (RU) numa das 330 ilhas ecológicas já instaladas em Portimão. Esta situação tem originado algumas perguntas, que procuramos responder.

EMARP-2014-08-Payt

1 – Qual é o problema do sistema actual, de cobrança de RU indexado ao consumo de água?
Este é o sistema usado na esmagadora maioria dos casos, em Portugal e no estrangeiro, e parte do princípio de quem gasta mais água tem mais gente em casa, logo produz mais RU. Mas, como é óbvio, nem sempre este sistema é justo, pois clientes com igual consumo de água pagam o mesmo, quer produzam muito ou pouco lixo, quer reciclem muito, pouco ou nada.

2 – O que é o PAYT?
É um sistema mais justo, em que paga de acordo com os RU que efectivamente produz. Para isso tem um cartão que lhe permite abrir o contentor castanho, o qual está equipado para quantificar o seu lixo. Neste teste é colocado o mesmo sistema de abertura nos restantes contentores, de reciclados, como forma de também aferir da evolução da reciclagem. Mas atenção: apenas pagará pelo depositado de RU (contentor castanho).

3 – Porquê testar este sistema e não outro?
A Assembleia da República aprovou, nos termos do nº 5 do artigo 166º da Constituição, uma recomendação no sentido da aplicação do sistema tarifário de resíduos baseado no instrumento económico Pay As You Throw (PAYT) conforme sugerido no estudo da Comissão Europeia sobre prevenção e reciclagem de resíduos (Diário da República, II série A, nº 74 de 28 de Janeiro de 2013)

4 - Com o sistema PAYT vou pagar mais?
O sistema está em teste precisamente para se poder ter uma base de trabalho para determinar a média de produção de RU pelas famílias. Depois, depende, pagará mais se produzir mais lixo que o esperado (reciclando pouco), pagará menos se produzir menos lixo (reciclando mais).

 

Estacionamento indevido não permite a recolha de resíduos

A EMARP efetua a recolha de resíduos urbanos, limpeza e manutenção das Ilhas Ecológicas em vários horários durante o dia e semana sendo, para isso, necessário ter um acesso adequado  às Ilhas. Acontece que inúmeras vezes a sinalização colocada junto das Ilhas Ecológicas, listas amarelas, pilaretes refectores e sinais de proibição de estacionamento, não é respeitada e impede a recolha, limpeza e manutenção das Ilhas Ecológicas.
Por forma a que nos seja possível efetuar um trabalho eficiente e dentro dos horários previstos, agradecemos aos munícipes que colaborem cumprindo a sinalização rodoviária e não estacionem em locais indevidos.

a    b

 

2014-0809AgoSet-EMARP-NoticiasAmbiente

  Notícias do Ambiente   

  Agosto/Setembro 2014

 

1 - Controlo de Qualidade da Água para Consumo Humano
2 - Análises à Água
3 - Para onde vai a esferovite?
4 - A defesa da Floresta contra-incêndios é uma responsabilidade de todos
5 - Exposições
6 - Portimão Recicla 


  Acrobat PDF Notícias do Ambiente Agosto/Setembro 2014
 

CONCURSO PÚBLICO
FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA EM MT, BTE E BTN DURANTE UM ANO (Proc. 57/14)

 

Diário da República
Caderno de Encargos
Programa do Procedimento

 
<< Início < Anterior 1 2 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 2

 

 

 

 
botao_PouparAgua
 
EMARP-concursos_publicos_204