PERGUNTAS FREQUENTES E DÚVIDAS (FAQ) COVID-19

Estamos felizes por poder voltar a recebê-lo na EMARP e queremos que tenha uma experiência de atendimento segura.
Além de barreiras de proteção, todos os colaboradores estarão devidamente equipados com máscara, cumprindo as condições legalmente previstas sobre Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho (HSST).
O acesso ao interior das nossas instalações vai ser gerido em concordância com as regras de distanciamento social.
MUITO IMPORTANTE: O uso de máscara é obrigatório a clientes e colaboradores.
Na EMARP estarão ainda disponíveis soluções líquidas de base alcoólica junto à entrada, assim como no interior, e que deve utilizar.

Cuidar dos grupos prioritários, é também cuidar de todos.
Nesta fase em que vivemos e pela segurança de todos, iremos dar prioridade no atendimento aos Profissionais de Saúde, Forças e Serviços de Segurança, de Proteção e Socorro, pessoal das Forças Armadas e Prestadores de Serviços de Apoio Social.
Sempre que possível opte por tratar de tudo sem sair de casa, na sua área de cliente
Na sua área de cliente, pode enviar leituras, esclarecer dúvidas, gerir alterações ao seu contrato e ainda aderir à fatura eletrónica e ao débito direto.

Estamos disponíveis para esclarecer as suas dúvidas na sua área de cliente e em emarp.pt
Tanto no site emarp.pt como na área de cliente, pode esclarecer as suas dúvidas.

 

COVID-19: Perguntas frequentes

A EMARP está aberta e a funcionar normalmente?

Entrar em contacto com a EMARP
Se tiver uma dúvida, como posso entrar em contacto com a EMARP?

Faturas e pagamentos
Se não entregarem correspondência na minha zona de residência, como vou receber a minha fatura?
Se não puder sair de casa, como é que posso pagar a minha fatura?
Como faço para aderir à área de cliente?
Costumava pagar a minha fatura na loja CTT/Payshop. Posso continuar a pagar desta forma?
Recebi uma fatura, mas estou sem emprego ou situação de lay-off, tenho alguma alternativa de pagamento?

LEITURAS
Vão continuar a fazer leituras?
Recebi na fatura o aviso de que iriam fazer uma estimativa, que fazer?
Recebi a fatura com um dia para indicar a leitura, mas essa data já passou. E agora?
Como posso comunicar a leitura do contador?
SE OCORRER UMA ROTURA OU AVARIA NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA?
E AS OUTRAS ATIVIDADES DA EMARP CONTINUAM A FUNCIONAR?

E COM O LIXO? O QUE DEVO FAZER?
Em que contentor devo depositar as máscaras, luvas, lenços e fraldas?
Se coabitar com um infetado, ou suspeito, de Covid19, como devo gerir os meus resíduos?
E em caso de não infetados ou suspeitos?
Após depositar os meus resíduos num contentor/ilha ecológica devo deixar a tampa aberta?

E NAS PRAIAS? COMO PROCEDER?
Quando é que começa a época balnear 2020?
Quais são as regras essenciais para utilização desses espaços?
Como serão geridos os resíduos na praia?
Os contentores e acessos às praias serão higienizados?

 

 

 

 

 

 

 

A EMARP está aberta e a funcionar normalmente?

Desde o dia 4 de maio de 2020, a EMARP retomou o atendimento ao público no horário habitual, nos dias úteis, das 8h30 às 17h30, sendo contudo necessário cumprir algumas regras para acesso ou permanência nas suas instalações, nomeadamente a obrigatoriedade de uso de máscara.

 

 

 

 

 

ENTRAR EM CONTACTO COM A EMARP

Se tiver uma dúvida, como posso entrar em contacto com a EMARP?

Estamos disponíveis e pode contactar-nos através da sua área de cliente.
Pode entrar em contacto connosco através do número de telefone 282 400 260, do e-mail: geral@emarp.pt ou através da nossa página de Facebook.

 

 

 

 

FATURAS E PAGAMENTOS

Se não entregarem correspondência na minha zona de residência, como vou receber a minha fatura?

Caso se verifiquem constrangimentos na entrega de correspondência, consulte a sua área de cliente ou ligue para a nossa da linha 282 400 260 (dias úteis das 8h às 17h30) para atualizar os seus contactos. Se aderir à área de cliente, todas as suas faturas vão lá estar.

 

 

 

 

 

Se não puder sair de casa, como é que posso pagar a minha fatura?

De uma forma muito simples e prática pode pagar as suas faturas através de débito direto, uma opção segura e cómoda. Pode aderir ao débito direto na sua área de cliente, ou indo a www.emarp.pt > clientes > formulários para preenchimento > transferência por débitos diretos (SEPA)aqui ] preenchendo o documento SEPA, juntando o comprovativo do IBAN e fotocópia do documento de identificação. Caso não pretenda aderir ao débito direto, pode pagar a sua fatura através de multibanco, dados que podem ser encontrados na sua área de cliente ou pedidos através do e-mail: tesouraria@emarp.pt, ou então através do seu homebanking. Se tiver dúvidas pode sempre utilizar o e-mail: processamento@emarp.pt.

 

 

 

 

 

Como faço para aderir à área de cliente?

Basta ir ao nosso site em www.emarp.pt, clicar sobre “ÁREA CLIENTE” e seguir as seguintes indicações:
1º passo:

2º passo:


3º passo: Irá receber na sua caixa de e-mail uma ligação para definir a sua senha. Carregue nessa ligação;

4º passo: Escolha a sua senha;

5º passo: Clique em “Alterar senha”;

6º passo: O processo de registo está concluído e poderá aceder à sua área de cliente;
A partir daqui, a adesão ao débito direto é mais simples:

7º passo: Clicar em cima do nº de cliente;

8º passo: Selecionar o separador “Gestão” – Gerir débito direto e é só inserir o IBAN.

 

 

 

 

 

Costumava pagar a minha fatura na loja CTT/Payshop. Posso continuar a pagar desta forma?

Sim, é possível continuar a efetuar o pagamento através dessas opções.

 

 

 

 

 

Recebi uma fatura, mas estou sem emprego ou situação de “lay-off“, tenho alguma alternativa de pagamento?

Face ao período de pandemia que atravessamos foram tomadas algumas iniciativas de proteção aos nossos clientes, nomeadamente:
1 – Suspensão da interrupção do fornecimento de água por falta de pagamento, até 30 de Junho;
2 – Suspensão da cobrança de juros de mora, até 31 de Maio, por atraso no pagamento de qualquer fatura emitida pela EMARP;
3 – Realização de um plano de pagamento em prestações para regularização da dívida existente na EMARP, sem juros, e com início em 1 de julho.
De referir que as duas primeiras medidas são de aplicação automática, enquanto a última implica a apresentação por parte da cliente de um plano de pagamento a apreciar pela EMARP, indicando as faturas abrangidas e o número de prestações pretendido.

 

 

 

 

 

LEITURAS

Vão continuar a fazer leituras?

Durante este período, e em princípio, o pessoal da EMARP apenas irá ler os contadores colocados no exterior das habitações. Caso esta operação não seja possível, o leitor da sua área irá telefonar-lhe pedindo para que lhe seja fornecida a contagem.

 

 

 

 

 

Recebi na fatura o aviso de que iriam fazer uma estimativa, que fazer?

Nesse caso, pode voluntariamente indicar a leitura (ver abaixo) e, se não o fizer, vai indicado o número de m3 que irá ser faturado por estimativa.

 

 

 

 

 

Recebi a fatura com um dia para indicar a leitura, mas essa data já passou. E agora?

A data preferencial para o envio da leitura pelo cliente está relacionada com a tentativa de manter o padrão de 30 dias (um mês) entre leituras, evitando grandes variações temporais. De qualquer modo, e como o tarifário é ajustado de acordo com o número de dias entre leituras, o cliente nunca é prejudicado mesmo que dê a leitura noutra data.

 

 

 

 

 

Como posso comunicar a leitura do contador?

Poderá comunicar a sua leitura por diversos meios, nomeadamente:
1 – Através da central telefónica (282 400 260 – opção leituras, disponível 24 horas todos os dias) observando os seguintes passos:

1º passo: Introduza o nº de cliente e finalize com #

2º passo: Introduza o nº de contribuinte e finalize com #

3º passo: Introduza a leitura do contador (apenas os números a preto) e finalize com #

4º passo: Para confirmar a leitura prima 0 (zero)

2 – Através da área de cliente
Depois de se registar (ver “Pagar fatura sem sair de casa”) entre e continue com as seguintes indicações:

a) Escolha o número de cliente associado ao seu contrato:

b) Depois vá à opção “Gestão” > “Enviar leitura do contador”

c) E é só colocar a leitura e enviar.

 

 

 

 

 

SE OCORRER UMA ROTURA OU AVARIA NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA?

A EMARP garante a operação, manutenção e reparação de avarias de todas as infraestruturas dos sistemas de abastecimento de água.

 

 

 

 

 

E AS OUTRAS ATIVIDADES DA EMARP CONTINUAM A FUNCIONAR?

Sim, nomeadamente as seguintes:
– Operação, manutenção e reparação de avarias de todas as infraestruturas dos sistemas de saneamento;
– Gestão dos Resíduos Urbanos e limpeza urbana;
– Realização do controlo da qualidade da água para consumo humano de acordo com as orientações da autoridade competente para a qualidade da água para consumo humano, e em articulação com as autoridades de saúde locais, sempre que necessário;
– Funcionamento do sistema de logística e compras necessários à exploração dos sistemas;
– Prestação de serviços de atendimento ao público, para reporte de avarias.

 

 

E COM O LIXO? O QUE DEVO FAZER?

 

 

 

Em que contentor devo depositar as máscaras, luvas, lenços e fraldas?

As máscaras, luvas, lenços e fraldas são materiais descartáveis, não recicláveis, e como tal devem ser depositados no lixo comum (indiferenciados).

 

 

 

 

 

Se coabitar com um infetado, ou suspeito, de Covid19, como devo gerir os meus resíduos?

Coloque todos os resíduos em, pelo menos, 2 sacos de lixo até 2/3 da sua capacidade, bem atados e deposite no lixo comum (indiferenciados).

 

 

 

 

 

E em caso de não infetados ou suspeitos?

Se não há afetados, deve continuar a separar devidamente os seus resíduos por fileiras de: Indiferenciados, Papel/Cartão, Plástico/Metal e Vidro. Caso necessite ver-se livre de resíduos volumosos ou verdes, deve contactar a EMARP e agendar uma recolha na sua habitação. Nunca deposite estes materiais na envolvente das ilhas ecológicas ou contentores, pois estão a sobrecarregar o sistema de recolha e a promover um ar menos limpo das ruas da nossa Cidade.

 

 

 

 

Após depositar os meus resíduos num contentor/ilha ecológica devo deixar a tampa aberta?

Não. As tampas de contentores/ilhas ecológicas devem ser sempre fechadas, por forma a que os resíduos fiquem devidamente confinados, evitando assim uma maior proliferação de cheiros e insalubridade. As tampas das ilhas ecológicas, bem como dos contentores, são higienizadas com regularidade e desinfetadas para minimizar o risco de contágio do vírus.

 

 

E NAS PRAIAS? COMO PROCEDER?

 

 

 

Quando é que começa a Época Balnear 2020?

Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente, a época balnear 2020 inicia-se no dia 6 de junho.

 

 

 

 

 

Quais são as regras essenciais para utilização desses espaços?

– Distanciamento físico de 1,5m entre utentes;
– Afastamento de 3m entre chapéus de sol;
– Interditas atividades desportivas com 2 ou mais pessoas (exceto atividades náuticas, aulas de surf e desportos similares);
– Toldos, colmos e barracas: cada pessoa ou grupo só pode alugar de manhã (até 13h30) ou à tarde (a partir das 14h);
– O estado de ocupação será anunciado através de sinalética. Verde: ocupação baixa (1/3), Amarelo: ocupação elevada (2/3), Vermelho: ocupação plena (3/3). Esta informação será atualizada de forma contínua, em tempo real, designadamente na app “info praia” e no sítio da APA na internet;
– No que concerne à circulação, devem ser seguidos sentidos únicos de circulação, com distanciamento de 1,5m, podendo ser definidos corredores de circulação;
– Deve evitar o acesso a zonas com ocupação elevada ou plena;
– Deve proceder à desinfeção regular das mãos e obrigatoriamente na chegada à praia.

 

 

 

 

 

Como serão geridos os resíduos na praia?

Os concessionários irão disponibilizar contentores para deposição de resíduos indiferenciados e recicláveis (nas áreas concessionadas). Nas zonas não concessionadas, a EMARP irá disponibilizar contentores de indiferenciados onde devem ser colocados todos os resíduos não recicláveis, incluindo as máscaras, luvas, lenços e fraldas;

 

 

 

 

 

Os contentores e acessos às praias serão higienizados?

Sim, todos os contentores e acessos às praias, serão devidamente higienizados pelas entidades por eles responsáveis, segundo as orientações da DGS (Orientação DGS nº 014/2020 de 21/03/2020).