2017 – Resultados da 3ª campanha de desinfestação

Nesta campanha de desinfestação, realizada em outubro e novembro de 2017, verificou-se um nível generalizado de infestação de baratas “fraco”.

Comparativamente com a última campanha, realizada em junho e julho de 2017, verificou-se um nível de infestação muito idêntico, certamente fruto da temperatura ambiente verificada, anormalmente alta para a época. Como é de esperar as temperaturas altas levam ao aumento da temperatura das condutas de saneamento, o que tem como consequência que as baratas “subam nas condutas”, ou mesmo que migrem para a rede pluvial, menos quente. Nas situações em que apenas se verifica a presença de baratas numa ou duas caixas de visita ao longo dum arruamento, todo o arruamento é considerado com nível de infestação “fraco”, facto que contribui significativamente para um grau mais generalizado de infestação fraca.

Relativamente aos ratos, detetou-se um nível geral de infestação “nulo”. Nas zonas com nível “fraco” de infestação de ratos foram na sua maioria avistados buracos na calçada. Estes são fruto dos túneis efetuados pelos ratos, localizados em zonas onde existem casas abandonadas nas proximidades,terrenos baldios, ou em zonas onde os animais infestantes são atraídos por restos de comida abandonados na via pública. Embora haja um esforço por parte da nossa fiscalização no sentido de sensibilizar os munícipes por forma a evitar este tipo de situações, a sua atitude é importante! Não abandone resíduos e não alimente animais, na via pública.

Para os animais abandonados poderá contribuir procurando um lar para os mesmos a fim de evitar este tipo de inconvenientes.

Consulte os resultados da campanha e o grau de infestação verificado no município:

Infestação:

Campanha:

De:



Nulo
Fraco
Médio